LOGIN usuário: senha: [ entrar ] ou [ Registre-se ]

Publicidade

Topo Esquerdo

Publicidade



Faça a sua denúncia.

Saiba a Quem Denunciar Irregularidades Ambientais

Se a situação envolver a compra, venda ou transporte ilegal de animais silvestres brasileiros, a denúncia pode ser feita à Renctas (Rede Nacional Contra o Tráfico de Animais Silvestres).

linhaverde.sede@ibama.gov.br. / Dúvidas? Ligue para JMA - 041 3024-8369
PARANÁ IBAMA PR

0xx ( 41 ) 3363-2525

Secretaria de Estado do Meio Ambiente
e Recursos Hídricos

0xx ( 41 ) 3322-1611

Sociedade Protetora dos Animais

0xx ( 41 ) 3256-8211

Secretaria Municipal do Meio Ambiente

0xx ( 41 ) 3335-2112

IAP INSTITUTO AMBIENTAL DO PARANÁ

0xx ( 41 ) 3213-3700

RIO GRANDE DO SUL IBAMA-RS

0xx ( 51 ) 3228-7290
0xx ( 51 ) 3228-7290

Fundação de Proteção Ambiental
Emergências Ambientais

0xx ( 51 ) 9982-7840

SANTA CATARINA IBAMA-SC

0xx ( 48 ) 3212-3300

Secretaria do Desenvolvimento
Urbano e Meio Ambiente

0xx ( 51 ) 9982-7840

Fatma Fundação do Meio Ambiente
Santa Catarina

0xx ( 48 ) 3216-1700

SÃO PAULO IBAMA-SP

0xx ( 11 ) 3066-2633

CETESB Companhia de Tecnologia
de Saneamento Ambiental

0800 11 35 60

Departamento de Proteção dos
Recursos Naturais de São Paulo

0xx ( 11 ) 3030-6807

RIO DE JANEIRO IBAMA-RJ

0xx ( 21 ) 2506-1734
0xx ( 21 ) 2506-1734

Fundação Estadual de Engenharia
do Meio Ambiente

0xx ( 21 ) 2270-6433
0xx ( 21 ) 2270-6098

Secretaria de Meio Ambiente
e Desenvolvimento Sustentável

0xx ( 21 ) 2299-9205

Comissão Estadual de Controle
Ambiental

0xx ( 21 ) 2299-5282

Fundo Estadual de Conservação
Ambiental

0xx ( 21 ) 2299-2217

MINAS GERAIS IBAMA-MG

0xx ( 31 ) 3299-0700
0xx ( 31 ) 3337-2624

Secretaria de Meio Ambiente
e Desenvolvimento Sustentável

0xx ( 31 ) 3298-6200

TOCANTINS IBAMA-TO

0xx ( 63 ) 3215-1873

ESPÍRITO SANTOS IBAMA-ES

0xx ( 27 ) 3324-1811

Secretaria Estadual para Assuntos
do Meio Ambiente

0xx ( 27 ) 3136-3492
0xx ( 27 ) 3136-3501

BAHIA IBAMA-BA

0xx ( 71 ) 3248-9427
0xx ( 71 ) 3345-7322

Diretoria de Desenvolvimento
Florestal

0xx ( 71 ) 3115-6101
0xx ( 71 ) 3115-6105

SERGIPE IBAMA-SE

0xx ( 79 ) 3211-0468

Administração Estadual
do Meio Ambiente

0xx ( 79 ) 3179-7310

ALAGOAS IBAMA-AL

0xx ( 82 ) 3241-1600

Secretaria Executiva do Meio Ambiente,
Recursos Hídricos e Naturais

0xx ( 82 ) 3315-2680

PERNAMBUCO IBAMA-PE

0xx ( 81 ) 3441-6338
0xx ( 81 ) 3441-5075

Companhia pernambucana
de Meio Ambiente

0xx ( 81 ) 2123-1800

PARAÍBA IBAMA-PB

0xx ( 83 ) 3218-7200

Secretaria Extraordinária
do Meio Ambiente, dos Recursos
Hídricos Minerais

0xx ( 83 ) 3218-4371

RIO GRANDE DO NORTE IBAMA-RN

0xx ( 84 ) 3201-5840

Instituto de Desenvolvimento
Econômico e Meio Ambiente

0xx ( 84 ) 3232-1976

CEARÁ IBAMA CE

0xx ( 85 ) 3277-1600

Superintendência Estadual
do Meio Ambiente

0xx ( 85 ) 3488-7474

MARANHÃO IBAMA-MA

0xx ( 98 ) 3221-2776

Secretaria do Meio Ambiente
e Recursos Hídricos

0xx ( 98 ) 3231-0738

GOIÁS E DF IBAMA-GO

0xx ( 062 ) 3901-1900

Secretaria do Meio Ambiente dos
Recursos Hídricos e da Habitação

0xx ( 62 ) 3224-2506
0xx ( 62 ) 3224-2823

MATO GROSSO DO SUL IBAMA-MS

0XX ( 67 ) 3382-2966

Secretaria do Meio Ambiente,
Cultura e Turismo

0xx ( 67 ) 3726-4363

RONDÔNIA IBAMA-RO

0xx ( 69 ) 3223-3607
0xx ( 69 ) 3223-3598

ACRE IBAMA-AC

0xx ( 68 ) 3226-3212

Secretaria do Meio Ambiente
e Recursos Naturais

0xx ( 68 ) 3224-5497
0xx ( 68 ) 3223-7432

AMAZONAS IBAMA-AM

0xx ( 92 ) 3613-3081

Secretaria do Meio Ambiente

0xx ( 92 ) 3648-0767

RORAIMA IBAMA-RR

0XX ( 95 ) 3623-9384

Secretaria do Meio Ambiente,
Interior e Justiça

0XX ( 95 ) 3623-2505

MATO GROSSO
Secretaria Especial de
Meio Ambiente

0800-65-3838

PARÁ IBAMA-PA

0xx ( 91 ) 3241-2621
0xx ( 91 ) 3224-5899

Secretaria executiva de Ciências,
Tecnologia e Meio Ambiente

0xx ( 91 ) 3181-3300

AMAPÁ IBAMA-AP

0xx ( 96 ) 3214-1119
0xx ( 96 ) 3214-1101

Coordenadoria Estadual
do Meio Ambiente

0xx ( 96 ) 3212-5304

PIAUÍ
Secretaria do Meio Ambiente
e Recursos Hídricos

0xx ( 86 ) 3216-2039
0xx ( 86 ) 3216-2040

Reciclagem

23/11/2013

Por que reciclar os restos de tecidos?

 

Em busca de melhorar os processos de produção e torná-los mais sustentáveis, as empresas estão investindo em métodos e tecnologias que prezem pela economia, reaproveitamento e reciclagem das matérias-primas. O universo da moda também está aderindo a essa tendência e busca meios de melhorar os procedimentos de confecção.
 
Um dos problemas para essas empresas são os resíduos têxteis, como os retalhos de tecidos, que, muitas vezes, vão parar na lata do lixo. Com a reciclagem dos restos de tecidos é possível reaproveitar toneladas de matéria-prima, resultando em economia e empregos. Esses retalhos deixam de agredir o meio ambiente e sujar as cidades.
 
Os restos de tecidos reaproveitados podem ter diversos destinos, como irem para a produção de barbantes, mantas, novas peças de roupas e fio, e até por indústrias de outros setores. Porém, o grande desafio está em selecionar e organizar a coleta destes restos de matéria-prima, pois as confecções no Brasil estão pulverizadas por todo o território nacional e geralmente são pequenas e microempresas.
 
Em São Paulo, nas regiões do Bom Retiro e do Brás – redutos tradicionais de confecções -, as empresas do setor têxtil são responsáveis por despejar mais de 10 toneladas de restos de tecidos diariamente nos aterros da Região Metropolitana.
 
Como forma de tentar solucionar o problema, representantes da Cadeia Produtiva Têxtil e do Vestuário de São Paulo, Sinditêxtil, CDL do Bom Retiro e ABIT lançaram no ano passado o projeto “Retalho Fashion”. A iniciativa tem o apoio da Prefeitura de São Paulo e do Governo do Estado.
 
O projeto tem o objetivo de estimular e conscientizar para o aproveitamento dos resíduos produzidos pelas confecções do bairro Bom Retiro, repassando o material coletado às empresas de reciclagem. O projeto ainda atua no sentido de treinar e capacitar profissionais a separar e a reaproveitar o material.
 
Outro ponto que deve ser considerado é que o Brasil importa uma quantidade grande retalhos de tecidos. Só em 2011, o país trouxe da Europa 13 mil toneladas desses resíduos, que se comparados com a produção de 175 mil toneladas daquela ano, mais da metade do que é produzido no Brasil não é reaproveitada. Apenas 36 mil toneladas de tecidos foram reciclados em 2011 no país. Será mesmo que é necessário importar?
 
Hoje no Brasil, existem muitas empresas que atuam com a reciclagem dos resíduos de tecidos. Esse material passa por diversas etapas, como trituração, adição de poliéster, filação, entre outras. O artesanato também é uma forma de reaproveitar parte dessa matéria-prima. Por meio dessa atividade os tecidos viram bonecas, porta documentos, capas de caderno, ecobags, colchas, tapetes e muitas outras coisas.
 
 
Restos de tecidos utilizados em peças de artesanato/ Fonte: Site Blog Cria de Design
 

+ do Canal

 

© 2007 - 2012 JMA - Jornal Meio Ambiente. Todos os direitos reservados.